Acessibilidade
A+
A-
Contraste
Retornar acessibilidade

Estrutura Organizacional

CONSELHO DELIBERATIVO
Órgão superior de normatização e deliberação, composto por 7 membros, sendo 2 indicados pelo Prefeito, 1 pelo Presidente da Câmara Municipal, 1 pelas entidades representativas dos servidores e 3 eleitos por voto secreto (sendo 2 do quadro de servidores ativos e 1 inativo).

CONSELHO FISCAL
Órgão de fiscalização e controle interno, composto por 5 membros, sendo 1 indicado pelo Prefeito, 1 pelo Presidente da Câmara Municipal, 1 pelas entidades representativas dos servidores e 2 eleitos por voto secreto (sendo 1 do quadro de servidores ativos e 1 inativo).

DIRETORIA EXECUTIVA
Órgão responsável pela prática dos atos de administração, necessários à condução dos assuntos da Foz Previdência, sendo composta pelo Diretor-Superintendente, Diretor de Benefícios, Diretor Administrativo e Diretor Financeiro e presidida pelo primeiro.

COMITÊ DE INVESTIMENTO
O órgão auxiliar no processo decisório quanto à execução da política de investimentos, adotada pela autarquia, composto pelo Diretor-Superintendente, Diretor Financeiro, 1 servidor efetivo lotado na FOZPREV, 1 servidor efetivo da Administração Direta, Autárquica ou Fundacional ou aposentado da FOZPREV e 1 membro do Conselho Deliberativo.

 

DIRETORIA FINANCEIRA – DIFI
Compete à Diretoria Financeira a gestão orçamentária, de planejamento financeiro, da área contábil e da gerência dos bens, das aplicações e investimentos dos recursos dos fundos em consonância com a Política de Investimentos, do controle das receitas e despesas, bem como da coordenação de outras atividades correlatas, como da prestação de contas e o cumprimento da agenda de obrigações com o TCE-PR, Ministério da Fazenda e demais órgãos de fiscalização e tributários, além de zelar pela execução e controle da correta aplicação do Plano de Custeio e dos repasses das contribuições previdenciários pelas patrocinadoras dos fundos (Município, Autarquias, Fundação e Câmara Municipal).

Divisão de Contabilidade e Tesouraria – DVCOT
Assessoria de Investimento – ASINV

DIRETORIA ADMINISTRATIVA – DIAD
À Diretoria Administrativa compete a gestão da folha de pagamento dos servidores inativos e pensionistas, das ações concernentes à área de recursos humanos dos servidores ativos da autarquia, das compras e acompanhamento dos processos licitatórios nas diversas modalidades, dos serviços de protocolo, documentos e arquivos e da gestão patrimonial, bem como da coordenação de outras atividades correlatas como a proposição de normas de procedimentos em assuntos afetos à área administrativa e a administração dos serviços de informática necessários ao funcionamento da Instituição.

Divisão de Protocolo, Arquivo, Recursos Humanos e Folha de Pagamento – DVRHF
Divisão de Compras, Licitações, Contratos e Gestão Patrimonial – DVCLP

DIRETORIA DE BENEFÍCIOS – DIBE
Compete à Diretoria de Benefícios a gestão dos benefícios previdenciários dos segurados do Regime Próprio de Previdência Social do Município de Foz do Iguaçu, desde a análise e concessão das aposentadorias, pensões por morte e auxílio reclusão; a manutenção da base de dados cadastrais; o relacionamento com os segurados e os programas e projetos de educação previdenciária e de assistência social aos segurados inativos.

Divisão de Benefícios – DVBEN
Coordenadoria de Programas, Projetos e Pesquisa – COPPP

PROCURADORIA JURÍDICA
Compete à Procuradoria Jurídica a execução de trabalhos e estudos jurídicos de interesse e em defesa da Foz Previdência e dos fundos previdenciários geridos pela autarquia, bem como a execução dos trabalhos nas ações judiciais, nas defesas e diligências dos órgãos de controle interno e externo, na emissão dos pareceres jurídicos nas concessões de benefícios previdenciários e em matérias administrativas. Compete ainda a representação da Foz Previdência em assuntos que lhe forem delegados, reportando ao Diretor-Superintendente os fatos relevantes; o assessoramento jurídico aos Conselhos Deliberativo e Fiscal e demais diretorias no interesse da Instituição; a análise prévia dos termos dos contratos, acordos, ajustes, protocolos e outros instrumentos, bem como dos textos de projetos de leis, do estatuto, dos regimentos, regulamentos e suas alterações.